A natureza nem sempre é brilho de Sol e gatinhos. Isso provou-se verdade mais uma vez recentemente, quando pesquisadores da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro publicaram um estudo sobre um par de gêmeos siameses de morcegos descobertos no sudeste do Brasil em 2001. Os animais estavam mortos quando foram descobertos, o que é quase sempre o caso com animais nascidos com alguma condição rara que resulta em duas cabeças em um único corpo.

• Uma cobra com duas cabeças é uma cobra ou duas cobras?
• Nova cobra marinha tem estratégia de caça singular

De acordo com a National Geographic, esse é o terceiro caso conhecido de morcegos siameses. Nos humanos, o parapago dicefálico — ou geminação parcial — é causado quando o embrião de gêmeos idênticos não se separa completamente em dois após a fertilização. A geminação parcial é muito rara e, portanto, muito pouco estudada, então os pesquisadores que estudam esses morcegos esperam usar o espécime para aprender mais sobre o que faz com que duas cabeças surjam lado a lado em um corpo.

“Esses gêmeos são machos e apresentam cabeças e pescoços separados, mas um tronco unido com uma região torácica superior expandida”, escreveram os pesquisadores. “Eles desenvolveram dois membros anteriores completos e dois membros traseiros completos, todos lateralmente ao tronco. Há um volume na parte superior das costas e entre as cabeças que se assemelha a um terceiro membro de antebraço mediano rudimentar, mas as imagens de raios-X apenas sugerem a presença de elementos esqueléticos mediais da cintura peitoral (clavícula e escápula) nesta região.”

Os morcegos têm corações separados de tamanho semelhante.

smog04c1caxeci3xbtrw

Imagem cortesia de Marcelo R. Nogueira, do Laboratório de Ciências Ambientais da Universidade Estadual do Norte Fluminense

Os pesquisadores acreditam que os gêmeos são morcegos de fruta neotropicais (Artibeus), que são endêmicos em partes das Américas Central e do Sul, assim como no Caribe. Sua placenta ainda está anexada aos corpos, então é possível que os morcegos morreram durante o nascimento.

Felizmente, a equipe pode usar os morcegos mortos e bastante assustadores para aprender mais sobre o que causa a geminação parcial. E, por favor, imediatamente, limpe seus olhos/sua alma vendo esses vídeos de gatos.

[Anatomia, Histologia, Embryologia via National Geographic]

Imagem do topo: Nadja L. Pinheiro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro